Share Button

Os professores do Departamento de Educação Matemática (DEEMA) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) publicam o livro intitulado Etnomodelagem: a arte de traduzir práticas matemáticas locais, pela Editora Livraria da Física.

Nesse livro, os autores afirmam que os estudos socioculturais constituem uma maneira de descrever e explicar as experiências humanas em suas interações sociodinâmicas locais e globais.

Os autores também apresentam argumentos, reflexões teóricas e métodos para se operar investigações em direção à representação e explicação dessa dinâmica sociocultural em suas perspectivas locais, com base na mobilização do conhecimento matemático local em conexão como o global para se estabelecer uma compreensão holística das práticas matemáticas desenvolvidas pelos membros de grupos socioculturais específicos. Os autores propõem conexões entre a etnomatemática e a modelagem, por meio da etnomodelagem como um programa de pesquisa que visa estudar fenômenos matemáticos desenvolvidos em contextos culturais locais. O livro mostra como pesquisas que envolvem práticas matemáticas empregadas pelos membros de grupos culturais distintos são localmente desenvolvidas e utilizadas no cotidiano do próprio grupo, a partir de um ambiente definido pela sua história, linguagem e cultura. Os leitores encontrarão interpretações de fazeres e saberes de membros de grupos culturalmente diferenciados, explicados com detalhes e reflexões teóricas sobre a fundamentação desses fazeres e saberes. Trata-se de uma importante contribuição aos fundamentos e métodos para a pesquisa em Educação (Etno)Matemática.